search instagram arrow-down
Eduardo Merino

By Helder Neves

Definição:

A verruga plantar é provocada pelo vírus do Papiloma Humano (HPV) (1) (2) (3) (4). De um modo geral são de fácil diagnóstico, podendo ser confundidas com calosidade ou corpos estranhos (1).

Podendo aparecer em qualquer parte do pé, ocorrem principalmente na planta do pé, sendo mais doloroso em zonas de maior pressão, devido à pressão o seu crescimento é interno (2) (3).

É uma das patologias mais comuns em desportistas, podendo afetar a sua performance (1).

Incidência:

O HPV representa uma das doenças de pele mais comuns, afetando cerca de 7 a 10 por cento da população mundial. Podendo afetar pessoas de qualquer idade, são mais comuns entre os 12 e 16 anos (8) (9).

Pessoas com HIV ou transplantes de órgãos ou quimioterapia têm uma maior incidência de verrugas devido ao seu sistema imunológico debilitado. (6) (3)

Fatores de Risco:

As verrugas plantares são mais propensas a aparecer em pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou em zonas de pele danificada, ou se estiver molhada e macerada. Por exemplo, em piscinas e áreas comuns de lavagem. Crianças e adolescentes tendem a ser especialmente vulneráveis às verrugas. (6)

Apesar do risco ser baixo, as verrugas são contagiosas, sendo necessário um contacto próximo, depois do banho em casa ter o cuidado em desinfetar a banheira e lavar as meias separadas das restantes (7) (1).

Tipo:

Existem vários tipos de HPV: vulgar, filiforme, plantar, plana e genital (2) (5). No que diz respeito à verruga plantar podem ser classificadas em 3 tipos (6):

• Pequena – Uma ou poucas verrugas pequenas indolores;

• Moderada – Várias verrugas que podem ser desconfortáveis;

• Grande – ocupam grande parte da planta do pé, causando desconforto e dor;

Sinais e sintomas:

A maioria das verrugas plantares não forma uma saliência, como as verrugas vulgares, com a pressão exercida ao caminhar tornam-se achatadas, daí se confundir com calos. (2) (1)

São de uma forma geral redondas, com pontos negros no seu interior, esses pontos negros são pequenos vasos sanguíneos. (6)

Dependendo da sua localização provoca bastante dor ao caminhar ou realizar movimentos de rotação. (1) (6) (2)

Tratamento:

Numa fase inicial é aconselhável o tratamento ser feito por um profissional de saúde. (3)

Existem vários tipos de tratamentos, podendo passar apenas por uma descarga a tratamentos invasivos. (5)

Aplicação de queratolíticos é o tratamento mais comum, electrocoagulação e cirurgia a laser são outros tipos de tratamento. (1) (3) (5) (8).

Conclusão:

Verrugas plantares, embora não muito grave, torna-se bastante incomodas, principalmente quando localizadas em zonas de maior pressão. Qualquer um pode ser infetado pelo vírus HPV que causa a verrugas plantares. O tratamento não deve ser adiado ou ignorado, pois pode ser extremamente doloroso se não for tratado. (6)

Bibliografia

1. Bastos, A. Sousa. Dermatologia Desportiva. s.l. : LIDEL, 2008.

2. Gutiérrez, Emílio Quintanilla e Collantes, Daniel Serrano. Dermatologia Básica em Medicina Familiar. s.l. : LIDEL, 2011.

3. Braunwald, Eugene, et al. Harrison’s Principles of Medicine. s.l. : McGraw-Hill, 2001.

4. Gopal, Vaishnavi, Shenoy, Manjunath Mala e Pinto, Malcolm. Common warts revisited: a clinical study. International Journal of Research in Dermatology. Junho de 2017, pp. 261-266.

5. Fuente, José Luis Morena de la. Podología Deportiva. s.l. : Masson, 2005.

6. herapeutic Approaches in the Management of Plantar Warts by Human Papillomaviruses: A review. Sudhakar, G K, et al. 2013, Asian Journal of Biomedical and Pharmaceutical Sciences, pp. 1-4.

7. Kenny, Tim. Warts and Verrucas. Patient.co.uk. 2012.

8. Khan, Shafqat, Zeeshan, Hafiz Muhammad e Mushtaq, Farah. Efficacy of 10% KOH in Palmoplantar Warts. Pakistan Journal of Medical and Health Sciences. Abril de 2017, pp. 553-555.

9. Hegazy, Salama, et al. Treatment of Warts with Topical Curettageand PDL. Journal of Dermatology & Cosmetology. Janeiro de 2018.

Deixe uma Resposta
Your email address will not be published. Required fields are marked *

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: