search instagram arrow-down
Eduardo Merino

O universo não tem estados de alma.

Na verdade a humanidade partilha a necessidade de se aproveitar ao máximo de cada um de nós.

E se algum dia te tornares extraordinário, pensa 2 vezes antes de te distinguires da tua raça pela superioridade em algo.

É que depois dessa linha que traças, ou serás uma Estrela, ou serás pó.

E enquanto tiveres a força nas competências e a energia da tua vontade, tudo será luz à tua volta.

Mas a tua humanidade um dia vai surgir, e a primeira a quebrar é a vontade de ti. E aí vais cair. E uma Estrela não cai devagar. Cai com estrondo.

E essa nuvem de pó deturpa os olhos dos que só te vêem no chão, e não te viram até caíres.

O humano não perdoa falhas aos seus Deuses, e em vida nunca mais poderás ser humano.

As tuas conquistas serão as deles, mas não mais serás honrado na derrota. Muito menos como um humano.

Agora terás o teus maiores desafios.

Estarás preparado para não ser extraordinário?

Como lidarás com a tua humanidade?

Serás eterno, serás uma lenda viva e não te preocupes que voltarás a ser um Deus.

Mas só depois da tua morte…

Deixe uma Resposta
Your email address will not be published. Required fields are marked *

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: