search instagram arrow-down
Eduardo Merino

A dor surgiu há 15 dias quando tirava algumas ervas no jardim lá de casa.

Já não era a primeira vez que a coluna lombar a limitava e irradiava pela face posterior da perna esquerda.

Como os sintomas tendiam a agravar sentiu necessidade de ir a um especialista na área e perguntou a uma amiga que profissional ela a aconselhava.

O exercício que vamos fazer será criar as diferentes possibilidades mediante profissionais diferentes.

Médico de Família: sabe que os 60 anos estão à porta e o corpo vai mudando. Vamos fazer umas análises e um rx. Quer baixa? Se calhar mesmo a arrastar a perna veja se aguenta isso que é da idade. Repouso, vai tomar vitaminas este anti-inflamatório e daqui a 1 mês marcamos consulta novamente.

Ortopedista: vamos já fazer rx em 3 perfis diferentes e uma tac à lombar e anca. Tem uns ossos de 70 anos e pelo menos uma prótese à anca prepare-se que não escapa. Agora deite aí que vamos dar uma infiltração que a dor já alivia.

Neurocirurgião: pelo menos uma hérnia tem de certeza. Vamos fazer uma ressonância para preparar a cirurgia. Temos aqui uma técnica ultra moderna que somos os únicos no país a executar. Minimamente invasiva e em 1 mês está como nova. Tem seguro?

Fisioterapeuta: vamos executar 10 testes de avaliação para percebermos realmente o que se passa. Tem que ter cuidado com as suas posturas e vamos fazer um conjunto de exercícios para a ajudar. A dor é proveniente dessas contraturas todas que tem nas costas. Vamos colocar um calor e efetuar massagens que já vai sair daqui muito mais aliviada. Já agora pode se inscrever nas nossas aulas de pilates.

Osteopata: isso foi claramente um bloqueio da 5 vértebra lombar por causa da entorse que teve em 2010 que desviou a perna e torceu a bacia. Deite aí que vou manipular 10 ossos e isso fica como novo.

Preparador Físico: isso é tudo falta de força. Vamos fazer aqui 10x subidas para a caixa, 5 deadlift, e cada semana aumentamos o peso. Vai ficar uma máquina.

Podologista: claro que tinha de ter dor. Tem uma diferença de 3 cm no apoio da perna direita para a esquerda. Temos de fazer uma Palmilha para corrigir isso e limpar esses calos todos.

Optometrista: o seu olho direito está a focar a 30% em relação ao esquerdo. Isso provoca uma alteração da posição da coluna e consequentemente vai fragilizar a lombar. Está a ver como com estas lentes fica muito mais confortável? Não vai ter mais problemas.

Nutricionista: isto é tudo um problema nutricional. A falta de vitamina D e complexo B é incrível. Por isso não dorme bem de noite, tem falta de zinco, magnésio e potássio. A fragilidade óssea e muscular é notória. Vai tomar estes 10 suplementos e vai ver a diferença.

Medicina Natural: sinto uma energia muito fraca em si. Deve ser o fígado que guardou o rancor daquele desgosto que teve e nunca superou. Vai tomar estes 3 chás em jejum, fazer salada de alface e soja e não coma carne, glúten nem açúcar. Agradeça à Deusa da natureza e o céu é o limite.

O mais curioso é que apesar de um óbvio generalismo na descrição profissional feita pela minha parte, ele toca em alguns pontos essenciais que são retidos pelos utentes.

Muitos recorrem a estes profissionais de forma pouco organizada, à procura de respostas rápidas para os seus problemas.

Muitos destes tratamentos apresentam eficácia principalmente a curto prazo, o que os incentiva, mas inevitavelmente caem no circuito crônico da incapacidade.

O esforço tempo – recursos financeiros – eficácia, é muito questionável.

A vida de muita gente com dor crônica é um autêntico carrossel de atos terapêuticos na busca da solução ideal.

Numa sociedade cada vez com mais opções, o difícil será a sua seleção.

Cultura social, rigor profissional, ética e fiscalização são os fatores obrigatórios a uma sociedade que caminha para mais uma era onde a saúde será muito importante.

Não haverá soluções únicas em saúde. Há sim um conjunto de possibilidades. Todas elas válidas se seguirem os princípios sociais, éticos e científicos.

O trabalho multidisciplinar será sempre a principal mais valia a apresentar aos utentes.

Ps- faltou dizer que mesmo que a senhora não recorresse a nenhum destes especialista a dor com maior ou menor dificuldade acabaria por melhorar.

One comment on “Carrosel terapêutico na Dor

  1. José Paulo Ribeiro diz:

    Sem qualquer dúvida. Aqui está uma grande verdade!!

    Gostar

Deixe uma Resposta
Your email address will not be published. Required fields are marked *

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: