search instagram arrow-down
Eduardo Merino

Por nada sou tudo o que não imaginava, num conto sem fadas, onde o sonho pouco me deu.

Raramente o plano deu certo, normalmente por incompetência e falta de preparação para tudo o que não imaginava ser importante.

Foi neste tombo constante, que me renasci, transformando as circunstâncias em situações que se tornaram em mim.

Um eu que segue o vento, os sorrisos e navega em procura do tudo que ainda falta. Um tudo que não sei o nome, simplesmente que não está sentado à espera que aconteça.

E é neste limbo com sentidos enviesados pelas nossas emoções que me entrego à vida, onde darei tudo o que me resta.

Porque quem não tem fadas, o que lhe resta é tudo o que tem.

Deixe uma Resposta
Your email address will not be published. Required fields are marked *

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: